Onboarding digital

Ofereça aos seus clientes uma adesão rápida e segura

Com o nosso Onboarding Digital tenha acesso a um conjunto de funcionalidades que permite oferecer um processo de adesão aos seus serviços eficiente e seguro, quer a partir das áreas de self-care quer por recursos humanos.

Uma solução com toda a validade legal para experiências de clientes diferenciadoras

O que pode esperar da nossa Onboarding Digital

Com este serviço são asseguradas, quer as questões de reconhecimento de identidade, recolha de contactos e de evidências de assinatura, quer as questões de produção de frontends, de documentos auxiliares de confirmação, o envio das comunicações e o arquivo seguro com acesso via API REST.

$
Processos mais rápidos e simples para os seus clientes
$
Totalmente seguros do ponto de vista legal
$
Maior visibilidade sobre o decorrer do processo
$
Possibilidade de identificar falhas e atuar sobre dúvidas, num ciclo de melhoria contínua

Como funciona a nossa
solução de Onboarding Digital?

Desenho e implementação do fluxo do processo de onboarding:

a. Desenho e implementação de frontend de suporte;

b. Desenho e implementação dos templates a utilizar para comunicações de suporte;

Desenho e implementação dos processos de:

a. Validação de identidade

b. Recolha de contactos

c. Recolha de assinatura

Alguns blocos que podemos usar nesta solução:

Template Designer

Desenho dos templates dos fontends e das comunicações de suporte a todo o fluxo de onboarding digital.

Real-time Producer

Produção dos documentos auxiliares como formulários, termos e condições ou contratos, preenchidos com os dados inseridos no frontend.

Omnichannel Sender

Envio das comunicações de suporte ao processo como emails e sms de validação, confirmação ou boas vindas.

Certifier

Validação de identidade no registo (ex: cartão do cidadão) ou pedido de assinatura de documentos (ex: contrato).

F.A.Q.

Perguntas Frequentes

O que é uma assinatura eletrónica?

Existem diferentes tipos de assinatura eletrónica, definidas no âmbito do regulamento eIDAS, associados a diferentes níveis de segurança e efeitos legais.

Na sua versão menos complexa, a habitualmente nomeada como “assinatura eletrónica simples” é definida como: “os dados em formato eletrónico que se ligam ou estão logicamente associados a outros dados em formato eletrónico e que sejam utilizados pelos signatário para assinar.”

No nível seguinte encontra-se a “assinatura eletrónica avançada”, que é aquela que:

a) Está associada de modo único ao seu criador;
b) Permite identificar o seu criador;
c) É criada através dos dados de criação de assinaturas eletrónicas cujo criador pode, com um elevado nível de confiança e sob o seu controlo, utilizar para a criação de uma assinatura eletrónica;
d) Está ligada aos dados a que diz respeito de tal modo que seja detetável qualquer alteração posterior dos dados.

Finalmente, a “assinatura eletrónica qualificada” é definida como a assinatura que é criada por um equipamento de geração de assinaturas eletrónicas qualificadas que é suportada por um certificado qualificado para assinatura eletrónica, como é o caso de um dispositivo de leitura de cartão do cidadão ou a assinatura com a chave móvel digital.

O que é o regulamento eIDAS?

O eIDAs é o nome frequentemente dado ao regulamento nº 910/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 23 de Julho de 2014 que tem como objetivo estabelecer uma base europeia comum para uma interação eletrónica segura. Com este regulamento pretende-se aumentar a confiança e segurança das transações online na União Europeia, promovendo assim uma maior utilização de serviços online.

Saiba mais aqui…

Comece já a agilizar as comunicações e processos da sua empresa.